Salve seus cabelos danificados


Quando seu cabelo fica indomável, sem brilho e com as pontas pedindo socorro, é sinal de que ele está danificado.


Os motivos podem ser externos, como resultado de tratamentos químicos ou de efeitos da piscina e do mar, ou orgânicos, causados por disfunções da tireoide, deficiências nutricionais ou cirurgias, por exemplo.


Uma vez prejudicado, o fio não volta ao estado original. Com alguns cuidados, podemos melhorar o aspecto, mas não por completo. É o caso da progressiva, que ‘derrete’ as madeixas”, diz Adriano Almeida, diretor da Sociedade Brasileira do Cabelo (SBC).


Por onde começar?!


A prevenção e a manutenção ideais começam por uma alimentação saudável, rica em cobre, zinco, ferro e vitaminas B12 e D, faz toda a diferença.


E quando o assunto é fazer a escolha certa na hora de comprar um shampoo, condicionador ou outro item, o cabeleireiro Cristhofer Glöe dá a dica de você investir em produtos específicos para as suas características e evitar os de tratamento se não estiver realmente precisando – isso aumenta as chances de os fios serem submetidos a condições que, em vez de ajudar, prejudicam.


Por sua vez, Adriano chama a atenção para a importância dalavagem em dias alternados, de manter a distância de 20 cm do secador durante a secagem e de evitar à exposição à luz solar.


E se quiser começar um tratamento capilar, Cristhofer recomenda as cauterizações, hidratações, reconstruções e uma linha de manutenção em casa, que inclua shampoo, condicionador, máscara hidratante, leave-ins e óleos vegetais.


Chegou o momento da tesoura?


Às vezes, o corte é necessário. “Essa decisão deve ser tomada quando eles perdem a maleabilidade e ficam com as pontas retas, sem movimento. Mas peça um diagnóstico do médico ou a opinião do cabelereiro para não se precipitar”, diz Cristhofe.


Mas não se esqueça: Adriano alerta que esta medida não fará os fios crescerem mais fortes. “Cortar para dar força é uma lenda. Só se consegue um resultado estético”, afirma.




Posts Recentes